Foto: Schiphol Airport

O Aeroporto de Amsterdam-Schiphol contará com a ajuda de um mamífero bastante conhecido para saber se eles são capazes de manter os pássaros longe de suas operações.

O teste especial contará com a ajuda de porcos que ficarão estrategicamente localizados entre as pistas do aeroporto. Para isso, será implantado uma plantação de beterrabas para atrair as aves, no mesmo local, estarão 20 porcos que terão a tarefa de apreciar a movimentação do aeroporto enquanto mantém os visitantes indesejados distante das pistas.

Buscando manter a segurança de voo o mais ideal possível, Schiphol já está tomando estruturalmente várias medidas para manter os pássaros longe da aeronave. No aeroporto, a atividade das aves é monitorada por 20 chamados “controladores de aves”. Eles passam 24 horas por dia na área de pouso tentando espantar os pássaros das pistas. Isso é feito com várias técnicas, que vão desde sons especiais até o uso de raios laser. Além disso, o aeroporto conta com uma espécie de “radar especial” para pássaros, que mapeia onde os pássaros voam por toda a área de Schiphol.

Dados da KLM apontam que cerca de seis por 10.000 operações em Amsterdam-Schiphol possui alguma ocorrência com aves, número que preocupa os operadores aéreos, visto que, uma colisão com pássaros pode trazer prejuízos operacionais como a troca de equipamentos e atrasos, bem como o risco operacional durantes fases críticas de um voo, que é o momento de um pouso ou decolagem.

DEIXE UMA RESPOSTA