Primeiro Boeing 777 da LATAM chega ao Brasil com 7 milhões de máscaras

O primeiro voo com equipamentos para combate a Covid-19 fretado pela Americanas, em apoio ao Ministério da Infraestrutura (MInfra) e ao Ministério da Saúde, pousou na manhã deste domingo (10) em São Paulo/Guarulhos.

Esta é a primeira de duas operações entre China e Brasil pagas pela Americanas e realizadas pela LATAM Brasil, para transportar 15 milhões de máscaras cirúrgicas de três camadas, pesando 53 toneladas, adquiridas pelo Governo Federal.

O voo JJ9519 decolou no sábado (9) às 16h de Xangai (hora local), com escala em Amsterdã, e aterrissou em São Paulo/Guarulhos às 7h10 deste domingo (10). A carga foi transportada uma aeronave modelo Boeing 777-300ER, que percorreu mais de 18 mil quilômetros em cerca de 46 horas de voo.

O segundo voo Americanas-LATAM, que trará a outra parte da remessa de máscaras do Governo Federal, deve chegar a Guarulhos nesta segunda-feira (11).

O Ministério da Infraestrutura é responsável pela operação especial para trazer da China 960 toneladas de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde. Os equipamentos de proteção serão distribuídos aos estados. O MInfra vai fretar mais de 40 voos da LATAM para trazer 240 milhões de máscaras ao país. O ministério também está apoiando estados e prefeituras na logística e distribuição de equipamentos.

A Americanas já doou mais de R$ 45 milhões para auxiliar na saúde e logística de vários estados.

A empresa criou ainda a rede de participação voluntária “Juntos Somos Mais Solidários”, por meio da qual os associados, fornecedores e parceiros estão ajudando idosos que vivem em mais de 1,1 mil residências especiais por todo o Brasil com kits de higiene e limpeza durante três meses.


A Americanas ainda arrecadou R$ 2 milhões em doações de clientes pela Ame Digital, fintech e plataforma de negócios mobile, e está promovendo a campanha #apoieocomerciolocal, trazendo a oportunidade para que pequenos lojistas possam vender em um dos maiores e-commerces do Brasil.

Já a LATAM Airlines Brasil, além da parceria logística com o Ministério da Infraestrutura e o apoio na distribuição de itens médicos nos estados brasileiros, também está transportando profissionais de saúde envolvidos no combate à pandemia, com isenção total da tarifa aérea. O objetivo da LATAM com esta iniciativa é facilitar o acesso dos profissionais aos locais mais impactados. Dentro do Brasil, a LATAM também segue contribuindo para o abastecimento dos estados com o transporte dos itens de combate ao COVID-19. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA