KF-21 boramae KAi ROKAF
O KF-21 Boramae Foto via The Aviationist.

O caça sul-coreano KF-21 Boramae (Falcão em coreano) iniciou ontem (4) os testes de taxiamento e de solo, tal procedimento antecede a etapa de voo do programa de desenvolvimento KF-X. 

A atividade aconteceu no Aeroporto de Sacheon (HIN), mesmo local que abriga uma das principais sedes da Korea Aerospace Industries (KAI). O KF-21 foi desenvolvido sob o âmbito de um programa que custou US$ 6.3 bilhões aos coreanos, com o objetivo de produzir uma aeronave para substituir os F-4E Phantom II e F-5E/F Tiger II ainda em serviço na Força Aérea Sul-Coreana (ROKAF).

Veja parte dos testes abaixo:

Apesar de ser um caça de 4.5 geração, a Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) pretende ampliar a sua independência militar da Coreia do Sul em relação aos EUA, a aeronave também é uma alternativa mais barata ao F-35 Lightning II, modelo cujo a própria Coreia adquiriu 40 unidades e opera no país desde 2019.

Com a previsão de iniciar a produção em série até meados de 2026, a ROKAF espera contar com mais de 120 unidades do novo caça até 2032. 

O projeto também conta com a parceria vital da GE Aviation, responsável por fornecer os motores F414, os mesmos utilizados no SAAB JAS 39E/F Gripen e o F/A-18E/F Super Hornet. 

Algumas características do novo caça KF-21 Boramae: 

  • Comprimento: 16,9m 
  • Envergadura: 11,2m 
  • Altura: 4,7m 
  • Velocidade máxima: 2200 Km/h 
  • Motores: General Electric/Hanwha Techwin F414-GE-400K

Com informações: Aerotime