Astronauta e Cosmonautas Mark Vande Hei, Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov- Foto: NASA

Os três novos membros da tripulação da Expedição 65 chegaram ao local de lançamento no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. Os engenheiros de voo Mark Vande Hei da NASA e Pyotr Dubrov de Roscosmos com o comandante Oleg Novitskiy do MS-18 da Soyuz estão em treinamento final para o lançamento em 9 de abril à estação espacial.

Os sete residentes a bordo da Estação Espacial Internacional estão encerrando uma intensa semana de investigações de biologia na órbita baixa da Terra. Três novos membros da tripulação também estão a duas semanas do lançamento para o laboratório orbital e se juntam à tripulação da Expedição 64 .

Tripulação da Expedição 64 em primeiro plano e ao fundo a tripulação da expedição 63- Foto/Divulgação; NASA

Os astronautas da estação têm concentrado seus esforços de pesquisa nesta semana nos impactos de longo prazo da microgravidade no corpo humano e em outros processos biológicos

Os engenheiros de voo Victor Glover e Soichi Noguchi formaram uma parceria no estudo de Percepção do Tempo em andamento dentro do módulo de laboratório europeu de Columbus . Os astronautas usam googles de realidade virtual e clicam em um trackball enquanto executam uma série de exercícios para entender como sua orientação espacial e desempenho cognitivo mudam na microgravidade.

Membros da tripulação do SpaceX Crew-1 da NASA- Foto/Divulgação: NASA
 

A engenheira de voo da NASA, Kate Rubins, examinou cristais de proteína cultivados no espaço em um microscópio na manhã de sexta-feira para obter informações sobre a produção farmacêutica além da gravidade da Terra. Mais tarde, ela observou minhocas microscópicas se contorcendo em lâminas de amostra exclusivas, criadas pela engenheira de voo da NASA Shannon Walker , para entender como a gravidade zero afeta a expressão genética nos músculos .

Os dois cosmonautas, o comandante Sergey Ryzhikov e o engenheiro de voo Sergey Kud-Sverchkov , acompanharam seu contingente de pesquisas espaciais no segmento russo da estação. Ryzhikov finalizou o estudo de física do plasma desta semana, encerrando o experimento e guardando o equipamento de ciência avançada. Kud-Sverchkov explorou como o sistema circulatório humano se adapta a voos espaciais de longo prazo.

 

FONTE: NASA