Qatar Airways vai exigir proteção corporal total de seus tripulantes de cabine

Foto: Qatar Airways

A Qatar Airways divulgou que a tripulação de cabine será obrigada a usar equipamento de proteção pessoal (EPI) de corpo inteiro. Os passageiros também deverão usar coberturas faciais a bordo a partir de 25 de maio.

Durante a atual pandemia, a Qatar Airways continuou a operar voos ao redor do mundo. Isso manteve os suprimentos médicos vitais em movimento, além de garantir que os passageiros possam continuar viajando para casa se estiverem presos no exterior.

Para garantir que a tripulação esteja protegida contra o vírus o máximo possível, a Qatar Airways exigirá que usem um traje completo de EPI. Isso será usado além do uniforme regular.

O EPI da equipe incluirá, uma máscara facial, a equipe também deverá usar óculos de proteção, semelhantes aos usados ​​em laboratórios.

Além disso, o uniforme de EPI incluirá uma roupa do tipo material de proteção contra o corpo inteiro. Os membros da tripulação usarão luvas, o que significa que todo o corpo está protegido.

Foto: Qatar Airways

O serviço oferecido a bordo da aeronave também será um pouco diferente. Para começar, a Qatar está fechando suas áreas sociais a bordo para garantir o distanciamento social. Além disso, o serviço de refeições será alterado.

Em vez de oferecer o serviço habitual na Classe Executiva, a Qatar distribuirá refeições em uma bandeja e os passageiros também receberão talheres pré-embalados. Além disso, os passageiros na cabine de Classe Executiva podem usar uma placa de “Não perturbe” para indicar que não desejam interagir com a tripulação.


Na classe econômica, as refeições serão servidas como de costume, já são entregues em uma bandeja. As refeições são simplesmente aquecidas a bordo da aeronave e depois distribuídas pela cabine para os passageiros. A Qatar Airways está colocando grandes garrafas de desinfetante para as mãos nas cozinhas para uso de passageiros e tripulantes.

“Na Qatar Airways, introduzimos essas medidas adicionais de segurança a bordo de nossos voos para garantir a saúde e o bem-estar de nossos passageiros e tripulantes, além de limitar a propagação de coronavírus”, disse a empresa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA