SAAB Gripen Foto:Greg Waldron / FlightGlobal

A Real Força Aérea da Tailândia (RTAF) demonstrou um interesse na compara de novos caças, aeronaves de transporte tático e demais aviões para esse nova década.

Dentre as aquisições tesa prevista a compra de mais caças para que se haja a substituição da frota de Lockheed Martin F-16A/B que estão espalhados em dois esquadrões. Para isso espera obter financiamento para seis novos jatos no ano fiscal 2023-2026 e outros seis em 2025-2028. Para o bloco 15s do F-16A / B do 103 Sqn, ele espera obter financiamento para seis novos jatos em 2028-2031 e mais seis em 2030-2033. No geral a aquisição de 24 novos caças ocorrerá entre 2023 a 2033.

Além dos F-16 a RTAF quer atualizar sua frota de caças SAAB Gripen JAS-39, que atualmente está 11 unidades.

A RTAF também quer investir o trabalho local na produção aeroespacial do país durante essa década.

A Força Aérea também deseja obter 12 aeronaves de ataque leve para substituir seus Aero Vodochody L-39. Além disso seriam dois T-50THs da Indústrias Aeroespaciais da Coréia, que seriam adicionados aos 12 exemplos já adquiridos.

SSAB 340- Foto: Craig Hoyle / FlightGlobal

Ainda no hall de comprar para atualizar sua força aérea, está incluso a modernização de dois aviões de alerta antecipado, Saab 340.

Partindo para aviação de transporte tático está no planejamento da RTAF a compra de 12 novas aeronaves para substituir seus antigos C-130H, este orçamento está previsto para que aconteça entre 2022-2029.


Também na categoria de transporte, a RTAF espera obter uma nova aeronave VIP para transportar a família real do país, assim como um substituto para um ACJ319 com configuração VIP e um novo helicóptero VIP.

A RTAF desativará seus treinadores básicos Pilatus PC-9 em 2023 e espera substituí-los por 12 novas aeronaves. Também deseja obter um substituto para seus treinadores básicos da Pacific Aerospace CT-4E.

Por fim, a RTAF quer substituir o Bell 412s mais antigo por novos ativos, obter um UAV armado e obter quatro aeronaves para substituir o Basler BT-67s, uma versão atualizada do Douglas DC-3 usada para transporte e semeadura em nuvem trabalhos.

DEIXE UMA RESPOSTA