• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Receita Federal e PF fazem operação no aeroporto de Confins em busca de objetos subtraídos de Brasília

Aeroporto de Confins BH Airport Passageiros Belo Horizonte PF Receita Federal Brasília
Foto: BH Airport/Divulgação

Na noite do dia 08/01, a Receita Federal e a Polícia Federal iniciaram operação conjunta no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, por meio da qual foram procurados, ao longo da semana, itens eventualmente furtados das Sedes dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, além da identificação do transporte de itens proibidos em voos.

Foram inspecionadas, até a presente data, todas as bagagens despachadas de 106 (cento e seis) voos, além de realizadas dezenas de entrevistas com passageiros vindos de aeroportos específicos, com o objetivo de identificar indícios com à participação nos atos criminosos ocorridos em Brasília no domingo do dia 08/01.

Houve ainda, a inspeção de bagagens com o cão farejador da equipe k9 da Alfândega da Receita Federal, visando também o combate à criminalidade e aumento da segurança da aviação civil.

A Operação, cujas ações continuam até segunda ordem, foi denominada Maat, a deusa egípcia da Justiça, que representa o equilíbrio e a verdade. Com a operação, a Polícia Federal e a Receita Federal contribuem na busca dos responsáveis por atos que atentam contra a Democracia e o Estado de Direito.

 

Via: Receita Federal

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Redator

Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação.


Contato: [email protected]