McDonnell Douglas MD-11 Lufthansa Cargo
Foto: Rafael Campos

Se tornando cada vez mais raro, mais um McDonnell Douglas MD-11F foi aposentado da Lufthansa Cargo. Dessa fez o MD-11 de matrícula D-ALCK decolou na manhã desta quinta-feira(25) de Frankfurt com destino a San Antonio nos EUA. 

Em uma despedida oficial, a Lufthansa fez uma postagem no Instagram lamentando a partida da aeronave porém lembrando dos grandes voos feitos a serviço da companhia aérea alemã.

O McDonnell Douglas MD-11 D-ALCK é uma encomenda original da Lufthansa Cargo, tendo recebido a aeronave em 2000. Depois de 21 anos prestando serviços de cargas para a empresa alemã agora tem um novo destino, está indo ser repasado para a UPS sob a matrícula N265UP. 

A tendência é que a Lufthansa permaneça apenas com o Boeing 777F como aeronave cargueira. Com a saída de mais um MD-11, a Lufthansa agora possui apenas três em sua frota, sendo o D-ALCA, D-ALCC e D-ALCD. Todos eles deverão deixar a frota em breve. 

Com o novo avião, a UPS dos EUA terá uma frota de 42 McDonnell Douglas MD-11F. Dessas aeronaves, 4 apenas não estão em operação. A UPS e a FedEx são as maiores operadoras do modelo, a FedEx possui cerca de 59 MD-11 em sua frota.

Apesar de o MD-11 ainda ser uma ótima aeronave para o transporte de cargas, entretanto algumas empresas tem buscado reduzir custos. Com aeronaves novas no setor como o Boeing 777 que é o avião que está substituindo o antigo trijato, aeronaves mais antigas estão perdendo espaço e sendo retiradas de operação gradativamente.

Este mesmo MD-11 foi o responsável por realizar o último voo do modelo nos Aeroportos brasileiros de Recife, Campinas, Guarulhos e Curitiba em dezembro de 2020. Quis o destino que os últimos voos no Brasil fossem justamente com a aeronave com a clássica pintura da Lufthansa, que foi aplicada em boa parte dos MD-11.

Foto em destaque: Rafael Campos

Fonte: Aero Telegraph