O primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, anunciou que a UAC começará a produção em massa das aeronaves MC-21 e logo depois do Il-114-300, fabricadas pela Irkut e pela Ilyushin, respectivamente.

A Irkut planeja certificar o MC-21 com motores Pratt & Whitney em 2021, e com motores PD-14 até 2023. Em 2022, a UAC planeja concluir a certificação do Il-114-300.

A produção em série também dá indícios que as fabricantes estão cada vez mais próximas da certificação do avião, e consequentemente, das primeiras entregas dessas aeronaves.

Os dois aviões serão as estrelas do XV Salão Internacional de Aviação e Espaço, realizado na Rússia em julho deste ano. No local o MC-21 será apresentado pela primeira vez com os motores russos de nova geração PD-14.

No vídeo abaixo temos o MC-21 com motores PD-14:

Com a nova aeronave, a Rússia espera entrar na disputa de mercados onde são dominados pelo Boeing 737 e o Airbus A320. Já o Il-114 concorre diretamente com o ATR 72, da fabricante criada em uma associação da Airbus com a Leonardo.

A companhia aérea Aeroflot é uma grande compradora do MC-21, com uma encomenda total para 50 aviões, e opções de compra para mais 35.

O MC-21-300 tem capacidade para 163 a 211 passageiros, sempre em configuração de duas classes. A Irkut promete um custo até 15% menor de operação do MC-21 em comparação com os concorrentes atuais, como o Airbus A321neo.

A Irkut tem mais de 185 encomendas, com mais 100 opções de compra, para o MC-21. Contudo, a maior parte dessas encomendas é proveniente de companhias da Rússia.