Saab 340 Rex Austrália
Foto: Keith Anderson

Mesmo com a chegada de novos Boeings 737, a companhia aérea australiana Rex mantem sua confiança em seus Saab 340 para voos regionais. Não está no planejamento da empresa retirar essas aeronaves de operação, mesmo com pouco mais de 26 anos de uso.

O Saab 340 da Rex tem um papel importante para a empresa, já que é a aeronave que conecta grandes cidades da Austrália como Melbourne, Sidney, Perth e Brisbane para cidades menores com Aeroportos com pistas mais curtas. Essas ligações são importantes pois transportam médicos e outros profissionais da saúde para cidades menores.

Além dos médicos e outros profissionais de saúde da Austrália, há também funcionários públicos de diversos órgãos que utilizam os voos da Rex. 

“Eles são as aeronaves mais brilhantes, eles são muito econômicos. São aeronaves muito fortes e robustas e vão aguentar muito tempo ainda.” Disse o vice-presidente da Rex, John Sharp.

Em 2020 a Rex e a ATR assinaram um memorando para novas aeronaves ATR 72-600 para complementar a frota de Saab 340. Os Saab possuem uma capacidade para 34 passageiros, com a chegada do novo turboélice, a companhia aérea irá oferecer em algumas rotas pouco mais de 70 lugares, o dobro da capacidade atual.

Estamos muito satisfeitos por poder cooperar com uma empresa tão grande e comprovada como a Rex. É vital que as comunidades e as empresas possam continuar a prosperar graças às rotas regionais, e acreditamos que a gama de aeronaves ATR oferece um sistema de transporte sustentável e confiável para as companhias aéreas e as regiões que atendem.” Disse Fabrice Vautier, vice-presidente comercial da ATR.

“Eles são brilhantes para voos regionais, voos de uma a duas horas, eles são muito bons nisso. Somos bons em mantê-los e operá-los. Teoricamente, poderíamos continuar por mais 10 a 15 anos com os Saabs porque eles ainda têm vida suficiente.”

“Como todas essas coisas, será o custo de mantê-los versus o custo de comprar novos. A segunda parte será a demanda. Se realmente descobrirmos que essas rotas crescem tanto que precisamos colocar aeronaves maiores, então o faremos.”

“A Saab oferece voos pequenos e econômicos que dão frequência e frequência dão comodidade e comodidade trazem mais passageiros.” Concluiu John Sharp.

Atualmente a Rex possui 44 aeronaves em sua frota, dessas, 38 são Saab 340. O restante são todos Boeings 737-800 com a média de idade em 14 anos.