Scoot converte um Airbus A320 em cargueiro temporário

Foto: Scoot

A companhia aérea de baixo custo da Cingapura, Scoot Airlines, agora está seguindo a tendencia mundial de as companhias aéreas tentarem um pouco de lucro utilizando suas aeronaves em operações de cargas.

A crise do Covid-19 mostrou as companhias aéreas que a alternativa aos passageiros são as cargas, por isso ha vários aviões originalmente de passageiros operando como cargueiros.

A Scoot se tornou uma dessas empresas e escolheu um de seus Airbus A320 para ser convertido temporariamente. A aeronave de matricula 9V-TAZ, passou por uma reformulação de 4 dias no inicio desse mês.

Foram removidos todos os 180 assentos do avião e colocadas demarcações para mostrar aonde pode colocar pallets e cargas. As modificações feitas no A320 serão capazes de dobrar a capacidade de cargas transportadas pela aeronave. Além disso a aeronave é capaz de operar em aeroportos menores o que ampliaria a rede atendida.

O A320 ja operou um voo cargueiro na semana passada de Fuzhou a Cingapura com 13t a bordo. A Scoot vai converter ainda mais aeronaves para tentar gerar uma receita maior e enfrentar a pior crise que a aviação mundial já enfrentou.

O presidente da empresa Campbell Wilson disse que esse foi o “maior empreendimento até hoje” e reforça que a empresa criou um novo foco.

 “Com muitas aeronaves de passageiros paradas devido à pandemia, a Scoot começou a operar fretamentos de carga para transportar suprimentos essenciais como uma fonte de receita alternativa. Desde então, temos aumentado nossa capacidade de carga e capacidades para permanecermos competitivos, ao mesmo tempo que oferecemos mais valor para nossos clientes.”


Desde o mês de março a Scoot já operou cerca de 200 voos cargueiros para 10 cidades, que começaram a operar com os Boeings 787-9.

 

DEIXE UMA RESPOSTA