Foto: Singapore Airlines

Sem utilizar o Jumbo europeu desde março de 2020, a Singapore Airlines se tornará a 4ª companhia aérea a voltar com o A380. A companhia aérea pretende utilizar o quadrijato temporariamente a partir de 19 de novembro até março de 2022, na rota entre Singapura e Londres-Heathrow. 

Entretanto, para aqueles que quiserem matar a saudade de voar em um A380 pela Singapore Airlines, deverão estar vacinados a partir de países selecionados contra a covid-19 conforme o programa de saúde da Singapura ‘Vaccinated Travel Lane’ (VTL, na sigla em inglês). Além da VTL, os viajantes também deverão apresentar um teste PCR antes do embarque.

Com 12 unidades do A380 na frota da Singapore, estes jatos são configurados com 471 assentos, sendo seis suítes de luxo, 78 poltronas na classe executiva, 44 assentos na econômica premium e 343 na classe econômica, a volta do A380 da Singapore também representa o retorno de uma das configurações de cabine mais luxuosas da atualidade. 

Curiosamente, a configuração da suíte de luxo lembra bastante um quarto de hotel, onde há uma cama para até duas pessoas, sem dúvidas será uma configuração cada vez mais difícil de se encontrar para o pós-pandemia. 

Além da Emirates e agora, a Singapore Airlines, a British Airways e a Qatar Airways também já confirmaram o retorno das operações com o A380, resta saber se este retorno terá uma longa duração ou se apenas será um “evento teste” para o Jumbo da Airbus que tento a sua vida operacional interrompida de forma antecipada por algumas companhias aéreas, a exemplo da Air France.

DEIXE UMA RESPOSTA