SKY afirma que mudança no sistema limitou venda de voos ao Brasil

Há alguns dias nossos leitores identificaram um detalhe no site da SKY Airline. Só era possível comprar voos de Santiago para São Paulo (GRU) e o Rio de Janeiro (GIG) até junho.

Uma especulação sobre o cancelamento do voo esteve em pauta, porém a companhia desmentiu hoje (21/01) essa informação.

De acordo com a SKY Airline, a companhia trocou o sistema e sofreu com alguns problemas na parte de vendas das passagens, desta forma os voos sumiram do site, mas o problema já está sendo resolvido.

Em uma pesquisa realizada pelo Portal Aeroflap na tarde desta terça-feira, o problema ainda persistia no site da empresa.

A previsão da SKY Airline é liberar a compra de passagens para o mês de julho após o dia 27 de janeiro, quando atualizará seu sistema.

Os voos da SKY Airline no Brasil estão populares, com ocupação acima de 86%.

A companhia inaugurou recentemente voos de Santiago para Salvador, na Bahia, e opera regularmente de Santiago para o Rio de Janeiro e para São Paulo, além de voos sazonais para Florianópolis.

 

Em nota ao Portal Aeroflap a assessoria de imprensa da SKY Airlines no Brasil disse:

No que diz respeito às publicações em alguns meios de comunicação, que representam um suposto cancelamento da rota da SKY para São Paulo e Rio de Janeiro, em julho de 2020, a empresa descarta categoricamente essas informações.

São Paulo e Rio de Janeiro correspondem a dois destinos internacionais em que a companhia aérea opera permanentemente; no entanto, devido a uma alteração no sistema de vendas on-line, a compra de bilhetes para voar a partir de julho de 2020 não estará disponível até o semana de 27 de janeiro.”

DEIXE UMA RESPOSTA