South African Airways África do sul
Foto: South African Airways

A South African Airways está enfrentando dias muito difíceis diante da crise que impacta a aviação. A companhia está a beira de um colapso financeiro e ainda não há uma certeza de quando e quanto será dado a companhia.

A companhia africana esperava que o governo desse capital a curto prazo para dar um pouco de alivio ao caixa da empresa. A SAA está sob controle da Business Rescue Practitioners (BRP), para empresas que buscam um financiamento diante do governo local.

“Os BRPs informam as pessoas afetadas de que o financiamento antecipado não foi recebido pela Empresa de acordo com o compromisso do Governo de fornecer recursos para a reestruturação da Empresa e a implementação de seu plano de resgate de negócios.” Segundo o aviso da BRP em seu site oficial.

Segundo o aviso, uma reunião será feita hoje (18/09) as 11h00 (hora local), ” envolver as pessoas afetadas nesta questão e o futuro proposto da Empresa levando em consideração todos os fatores relevantes.” Ao que indica um jornal local, os BRPs haviam informado que a SAA requisitavam R10,1 Bilhões até o dia 17 de setembro.

O Departamento de Empresas da África do Sul informou que está ciente que hoje terá uma reunião com dos credores e que foi convocada para discutir o futuro da empresa. “O DPE continua solidário e profundamente atento à situação dos funcionários da SAA”, relata a Business Tech.

“O departamento reconhece os interesses dos trabalhadores e credores. Apelamos aos funcionários e credores para que sejam pacientes enquanto concluímos os esforços para encontrar um resultado construtivo”, disse o Departamento de Empresas Públicas, Governo da África do Sul.

Hoje (18/09) será um capitulo fundamental na história da companhia aérea de bandeira da África do Sul. A cada dia que passa a situação da empresa fica ainda mais delicada diante do cenário que a aviação enfrenta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA