Sukhoi SSJ100 da Aeroflot sofre falha de motor logo após decolar

Foto - Divulgação

Nesta última terça-feira (05), um Sukhoi SSJ100 da Aeroflot realizando o voo doméstico SU-1356 do Aeroporto Sheremetyevo (SVO) de Moscou para Saratov (GSV) fez um pouso de emergência poucos minutos após a decolagem.

O Sukhoi Superjet 100, de matrícula RA-89105, estava subindo para o nível de cruzeiro, quando nos 8000 pés o motor esquerdo da aeronave falhou.

Os pilotos então optaram por desligar o motor SaM146 antes do pouso de emergência em Sheremetyevo, como uma medida de precaução, e seguiram para a aproximação com somente um motor em funcionamento.

Fato curioso é que exatamente um ano atrás, em 5 de maio de 2019, ocorreu o incidente mais significativo da companhia aérea que resultou na morte de 41 ocupantes. Também envolvendo um Sukhoi Superjet 100, o voo da Aeroflot 1492 explodiu em chamas no aeroporto Sheremetyevo em Moscou, depois de ter sido atingido por um raio. 

O acidente do Aeroflot SJ100 acabou se transformando em uma investigação criminal contra o comandante do avião Denis Evdokimov.

A Aeroflot opera 49 aviões SSJ100, para voos de curta e média distância. Eles são utilizados em voos comerciais há nove anos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA