Em busca de garantir o uso ideal e sustentável dos recursos em seus negócios e operações, a SWISS anunciou que reduzirá os volumes de alimentos in natura que permanecem não vendidos durante o serviço de bordo, para evitar o seu descarte ainda fresco.

Com o uso dos dados de vendas para cada voo, a SWISS reformulou a maneira de oferecer os seus aumentos de alimentos frescos o mais próximo possível da provável demanda de passageiros, para isso, a companhia se associou com a empresa “Too Good To Go” e está testando a venda com preços reduzidos de todos os alimentos frescos vendidos durante o voo, onde avaliará de perto a aceitação do cliente.

O novo conceito consiste em oferecer durante o final do voo, quaisquer alimentos frescos que não foram vendidos durante o serviço de bordo. A disponibilidade desses itens é comunicada através de um anúncio, e os passageiros interessados recebem uma sacola contendo de um a três itens por um terço do preço usualmente praticado. O conteúdo da sacola não é revelado com antecedência e permanece como surpresa para o comprador.

“A nova abordagem foi bem recebida pelos nossos passageiros nos voos em questão. Estamos agora aguardando uma análise final das descobertas dos testes para decidir se devemos estendê-lo para outras rotas”, disse Romain Vetter, Head para a Suíça Ocidental da SWISS.

DEIXE UMA RESPOSTA