TAP adia retomada de operações regulares para o Brasil

A TAP declarou no início deste mês que planejava reiniciar voos regulares para o Brasil a partir do dia 21 de maio, quando ainda estará em vigor a proibição de entrada de estrangeiros no Brasil (com algumas exceções).

Porém a companhia mudou de ideia, e agora a retomada dos voos deverá ser realizada a partir do dia 1º de junho, inicialmente com frequências reduzidas.

No geral, em junho a TAP espera operar para 8 destinos brasileiros a partir de Lisboa em junho, e aumentar para 10 a partir de julho.

Confira abaixo as rotas propostas pela TAP para junho:

  • A TAP deve operar entre Lisboa e Belém a partir 4 de junho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Belo Horizonte a partir 1° de junho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Brasília a partir 2 de junho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Fortaleza a partir 5 de junho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Recife a partir 1º de junho, com três voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Rio de Janeiro a partir 2 de junho, com três voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Salvador a partir 4 de junho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e São Paulo a partir 1º de junho, com um voo por dia, sete por semana.

 

Confira abaixo as rotas propostas pela TAP para julho:

  • A TAP deve operar entre Lisboa e Maceió a partir 31 de julho, com dois voos semanais;
  • A TAP deve operar entre Lisboa e Natal a partir 4 de junho, com dois voos semanais.

A TAP também planeja aumentar as frequências de voos para outros destinos no Brasil em julho.

Em Recife, Belém, Maceió e Natal a TAP planeja utilizar o A321neo LR para retomar os voos, e nas demais cidades a companhia deve utilizar o A330-900neo.


 

DEIXE UMA RESPOSTA