Pioneiro na América Latina, o Centro de Manutenção da LATAM em São Carlos (SP) vem utilizando drone, desde dezembro de 2019, para aumentar ainda mais sua eficiência e qualidade.

A consolidação do uso desta tecnologia tornou o processo 12 vezes mais rápido do que a inspeção tradicional. Agora, diante do seu sucesso na operação brasileira, o grupo LATAM decidiu que vai adotar a mesma solução nas suas operações de MRO (sigla para Maintenance, Repair and Overhaul) no Chile.

Como explica Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da LATAM Brasil, o resultado da tecnologia reforça a posição do centro de manutenção em São Carlos como pólo tecnológico referência para o setor aéreo.

“Antes precisávamos de 8 horas em média para realizar uma inspeção geral externa de um avião de médio porte. Agora, com essa tecnologia, realizamos o mesmo processo em 40 minutos. O resultado comprova que estamos no caminho certo por mais eficiência operacional e torna ainda mais evidente como o LATAM MRO de São Carlos deve ser motivo de orgulho para o Brasil”.

 

COMO FUNCIONA A INSPEÇÃO COM DRONES DA LATAM?

Atualmente, todo o processo de inspeção visual por drone da LATAM é realizado em seus aviões da família Airbus A320 que passam por manutenção pesada no LATAM MRO de São Carlos (SP), um polo de inovação tecnológica e importante centro de geração de emprego para a região, além de referência em manutenção aeronáutica no Brasil e na América Latina. 

Em cada processo de inspeção são coletadas entre 1.600 e 2.000 fotos detalhadas de toda a fuselagem, asas e empenagem, usando inteligência artificial para identificar possíveis danos e reparos necessários. O método de inspeção é 100% autônomo e gera ainda mais eficiência e qualidade em comparação com o processo manual.

Outra vantagem está relacionada à economia de recursos. Isso porque, ao manter os registros em nuvem e atualizados em tempo real, os custos com impressões de papéis foram eliminados.

O uso do drone também aumenta a confiabilidade nos processos em função da padronização da inspeção. A tecnologia é resultado da parceria da LATAM com a Donecle, empresa francesa desenvolvedora do equipamento.

 

OUTRAS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS DA LATAM

Em abril deste ano, a LATAM Brasil começou a utilizar óculos de realidade aumentada para mecânicos na manutenção de aeronaves em 20 bases da companhia no Brasil. A empresa é a primeira aérea da América Latina a utilizar o equipamento que garante maior eficiência e agilidade nas atividades complexas de manutenção e inspeção das aeronaves.

Outro avanço tecnológico deste ano da LATAM no Brasil foi a adoção de um sistema eletrônico para registros de manutenção de aeronaves e componentes aeronáuticos.

A companhia foi autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) a utilizar esse formato de documento para executar e registrar as ações de manutenção nas aeronaves Boeing 787-9, além de atender todos os requisitos da Resolução nº 458 e da Instrução Suplementar (IS) nº 43.9-004 da ANAC, que permite o uso de sistemas digitais em substituição aos documentos de papel.