Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Caças F-16C/D Fighting Falcon da Força Aérea Turca na Base Aérea de Knya durante um Exercício Anatolian Eagle. Foto: TuAF.

A Turquia teria enviado uma carta ao Governo dos Estados Unidos solicitando autorização para a compra de 40 novos caças F-16 Fighting Falcon e 80 kits de atualização para os jatos já presentes na sua frota, afirmaram fontes anônimas à Reuters

Segundo a agência, o negócio, no valor de bilhões, ainda está tramitando no processo de Vendas Militares Estrangeiras (FMS), que está sujeito à aprovação do Departamento de Estado dos EUA, bem como do Congresso dos EUA, que eventualmente pode bloquear negócios.

Respondendo à Reuters, um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA disse que “Por uma questão de política, o Departamento não confirma ou comenta sobre as propostas de vendas ou transferências de defesa até que tenham sido formalmente notificadas ao Congresso.” A embaixada turca em Washington não quis comentar.

F-16C da Força Aérea Turca com os novos mísseis Bozdoğan e Gökdoğan. Foto: TÜBITAK SAGE via Daily Sabah.

Ancara e Washington tem passado por sérios atritos nos últimos anos por conta da aproximação turca com a Rússia. A Turquia, um parceiro dos EUA e membro da OTAN há décadas, foi expulsa do Programa F-35 depois de ir adiante com a aquisição de sistemas russos S-400 de defesa aérea de longo alcance. Segundo os americanos, a integração do F-35 com o S-400 poderia comprometer informações importantes sobre a aeronave de 5ª geração. 

Os EUA alertaram repetidamente a Turquia contra a compra de mais armamentos russos. Todavia, na semana passada, o presidente turco Tayyip Erdogan indicou que o seu governo ainda pretendia comprar um segundo lote de S-400 da Rússia, um movimento que pode piorar ainda mais as relações com Washington. Moscou também ofereceu transferência de tecnologia para que os turcos possam desenvolver o seu próprio caça de 5ª Geração, o TF-X. 

Há apoio bipartidário no Congresso dos EUA para pressionar o Governo Biden a exercer mais pressão sobre Ancara, principalmente por causa de sua compra de armas russas e seu histórico de direitos humanos. Ancara disse que espera melhores laços com o presidente dos Estados Unidos. 

Um dos veículos do Sistema S-400 sendo entregue à Turquia. Foto: Ministério da Defesa Turco.

A Força Aérea Turca (TuAF) é a segunda maior operadora do F-16 no mundo todo, atrás apenas da própria Força Aérea Americana. A TuAF possui 245 caças F-16C/D em operação, enquanto a USAF tem 953. Já a Força Aérea de Israel, que “ocupa o terceiro lugar”, tem 224 caças. 

DEIXE UMA RESPOSTA