Uber e Hyundai firmam parceria para produzir táxi aéreo elétrico

A fabricante coreana de automóveis Hyundai assinou um acordo com a Uber para fabricar aeronaves eVTOL.

A aeronave S-A1 da Hyundai é baseada em um projeto de aeronave totalmente elétrica que a Uber havia compartilhado anteriormente como um conceito de código aberto, destinado a estimular a competição na indústria eVTOL, que ainda está surgindo.

A Uber citou o histórico de produção em massa de automóveis da Hyundai, incluindo veículos elétricos, como um fator importante na sua decisão de parceria com a empresa, informou a empresa de compartilhamento de viagens no dia 06 de janeiro.

Veículo tem capacidade para até 5 passageiros, assim como os carros.

Como parte do acordo, a Hyundai construirá e operará a aeronave, enquanto a Uber fornecerá “serviços de suporte ao espaço aéreo, conexões com transporte terrestre e interfaces com o cliente”, diz Uber.

As empresas também estão trabalhando juntas nos conceitos do aeroporto eVTOL.

“A Hyundai é nosso primeiro parceiro de veículos com experiência na fabricação de automóveis de passageiros em escala global”, diz Eric Allison, chefe da Uber Elevate, a iniciativa eVTOL da empresa. “Acreditamos que a Hyundai tem o potencial de construir veículos da Uber Air a taxas nunca vistas na indústria aeroespacial atual, produzindo aeronaves confiáveis ​​e de alta qualidade em grandes volumes para reduzir os custos de passageiros por viagem”.

O S-A1 da Hyundai foi projetado para ter uma velocidade de cruzeiro de até 290 km/h, uma altitude de cruzeiro de 1.000 pés a 2.000 pés e com uma média de alcance de 96,6 km.


A aeronave foi projetada para decolar e pousar verticalmente, fazendo a transição para o voo horizontal a partir de um sistema de inclinação das hélices, como podemos ver no sketch acima.

O S-A1 terá um piloto inicialmente, mas a Hyundai e o Uber planejam fazer a transição para um voo autônomo assim que o projeto for se desenvolvendo. A cabine foi projetada para transportar quatro passageiros, assim como os carros.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA