O Farnborough Airshow não foi composto somente de fabricantes de aviões, mas teve também indústrias tradicionais do ramo automotivo apresentando os seus conceitos, como a Aston Martin.

Essa espécie de carro-avião da foto acima é o mais novo conceito da empresa envolvendo motores elétricos. O suposto avião tem capacidade para três pessoas e velocidade máxima de 322 km/h, sendo que pode decolar ou pousar na vertical. As asas são dobráveis, para diminuir a envergadura do veículo no trânsito.

A Aston Martin ainda confirmou que seu conceito é feito com a pura engenharia inglesa, visto que a propulsão está sendo projetada pela Rolls-Royce, a partir de conceitos híbridos. A pilotagem autônoma está sendo desenvolvida em conjunto com uma outra empresa da área.

Além disso a Cranfield University e a Cranfield Aerospace Solutions estão trabalhando juntamente com a Aston Martin.

A estimativa da Aston Martin para o preço é algo inacessível para muitos, na faixa de £ 1 milhão e £ 9,9 milhões a unidade. Isso é mais caro que alguns jatos executivos, como o Phenom 100EV, que custa por volta de US$ 5 milhões.