GECAS Aeronaves Leasing AerCap
Foto - Boeing/Divulgação

Em breve poderá acontecer uma grande mudança no ramo de leasing de aeronaves, envolvendo a GECAS que é uma empresa pertencente a General Eletric e a empresa AerCap, duas das maiores empresas se leasing de aeronaves do mundo.

Uma possível venda da GECAS pela a AerCap poderá criar a maior empresa de leasing de aeronaves, com mais de 2.000 aeronaves na frota. A venda da GECAS é especulada a anos, principalmente quando a empresa passou por dificuldades em 2018, acumulando dividas. 

Segundo a Reuters, o jornal Wall Street Journal publicou que o negócio pode ter desfecho no valor de US$ 30 bilhões, podendo ser concretizado ainda hoje(08). A GECAS e a AerCap são responsáveis por pelo menos metade das encomendas das duas maiores fabricantes de aeronaves, Airbus e Boeing. 

Procuradas pela Reuters, tanto a GECAS como a AerCap preferiram não se pronunciar sobre a especulação atual. Mesmo sem um pronunciamento das empresas, as ações da AerCap na bolsa de valores de New York tiveram alta de 8,25%, enquanto a da GECAS subiu cerca de 3%. 

Caso a negociação avance e se concretize, a nova empresa resultante de GECAS e AerCap poderá passar por investigação. Ambas as empresas tem duas vezes o tamanho da outra empresa de leasing de aeronaves, a Avolon.

O negócio de leasing de aeronaves ganhou ainda mais força durante a crise causada pela pandemia de Covid-19. Onde muitas empresas preferiam passar o controle de suas aeronaves para empresas de leasing e pagar pelo aluguel das mesmas, reduzindo os custos de utilização da aeronave.

Mesmo com os valores altos estipulados, não foi divulgado como seria a compra de uma empresa pela outra. Há uma ideia de que poderá haver uma participação acionaria de uma empresa na outra, algo semelhante o que já ocorreu com a AIG Seguradora de Aeronaves na AerCap.