Militares da Aviação de Longo Alcance das Forças Aeroespaciais da Rússia realizaram treinamentos de reabastecimento em voo (REVO) e emprego dos canhões traseiros com o bombardeiro estratégico Tupolev Tu-95MS Bear-H na região do Volga.

Segundo o Ministério da Defesa Russo, pilotos experientes e jovens oficias participaram do exercício que também envolveu pousos e decolagens a partir de diferentes aeródromos. Confira.

O Tu-95 foi reabastecido por um Il-78 Midas, versão de REVO do cargueiro Il-76 Candid, e ao final do vídeo pode ser visto o emprego dos canhões de 23mm. Para autodefesa, o Tu-95 possui dois canhões de cano duplo GSh-23, orientados por radar e operados por um artilheiro de cauda.

Variantes mais antigas usavam dois AM-23, cada um com apenas um cano. Os armamentos são montados em uma torre móvel 9A-503M, que também pode ser encontrada no Il-76 e no bombardeiro supersônico Tu-22M3 Backfire . 

Atualmente, o Tu-95 é o que a Rússia chama de “missile carrier”, algo como porta-mísseis. Como armamento principal, o bombardeiro pode transportar mísseis Kh-22, Kh-55 e Kh-101. 

Torre de cauda de um Tu-95 com os dois canhões GSh-23. Foto via Reddit.

DEIXE UMA RESPOSTA