Antártica Ilyushin IL-76 Volga Dnepr

A Volga-Dnepr Airlines concluiu seu sexto programa Antártico operando 5 voos fretados com o Ilyushin IL-76 TD-90VD para o continente mais frio do planeta, apoiando o projeto antártico internacional DROMLAN.

Todos os voos foram operados da Cidade do Cabo (África do Sul) para a pista de Novolazarevskaya (Novo) em estreita cooperação com o Antarctic Logistics Centre International (ALCI), cobrindo uma distância de mais de 4200 km em um voo direto, e entregando mais de 200 toneladas de carga essencial para o trabalho ininterrupto das estações de pesquisa.

A operação contou com vários pousos e decolagens a partir de uma pista de gelo. De acordo com a Volga-Dnepr, o clássico avião desenvolvido na época da União Soviética recebeu adaptações para operar em pistas de gelo, bem como em baixas temperaturas.

Ekaterina Andreeva, Diretora Comercial da Volga-Dnepr Airlines, destaca: “Estamos orgulhosos de fazer parte do projeto Antártico internacional DROMLAN este ano. Apesar dos tempos desafiadores e das restrições do COVID-19, apoiamos o programa para Estações de Pesquisa Antártica, permitindo assim que os cientistas continuem seus programas de pesquisa. Gostaríamos de agradecer ao nosso parceiro, ALCI, que cria a ponte aérea intercontinental entre a Cidade do Cabo (África do Sul) e a estação Novolazarevskaya durante o verão austral. A cada ano aumentamos o número de tripulantes certificados para garantir um bom funcionamento – até 2020/2021 tivemos duas tripulações treinadas e qualificadas e esperamos que na próxima temporada tenhamos mais”.

Desde 2015, a Volga-Dnepr Airlines faz parte do programa e realizou mais de 150 voos fretados para a Antártica entregando mais de 1700 toneladas de carga.

A Volga-Dnepr diz que o IL-76 é uma plataforma perfeita para missões de carga em qualquer região remota sob condições climáticas severas.

Veja no vídeo abaixo uma operação do IL-76 na Antártica na pista de Novolazarevskaya: