Um pequeno avião bimotor, um Fairchild Metro Liner MkIII, caiu após decolar do Aeroporto Internacional de Malta na manhã desta segunda-feira (24/10).

A aeronave explodiu no impacto com o solo, causando a morte das cinco pessoas a bordo, de nacionalidade francesa. O avião foi registrado nos Estados Unidos e alugado para uma empresa de Luxemburgo.

Em um primeiro momento, a imprensa local informou que o avião era utilizado pela Agência Europeia para a Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Exteriores (Frontex) e ia para Misurat, na Líbia. “O voo não tem qualquer vínculo com as atividades da UE”, afirmou no Twitter a chefe de diplomacia europeia, Federica Mogherini, segundo a France Press.

O aeroporto ficou fechado por quatro horas, enquanto os destroços foram retirados do local, atrasando mais de uma dúzia de voos, de acordo com um aviso no site do aeroporto.

 

COMPARTILHAR