A Bombardier entregou ontem (29/11) a primeira aeronave CS300 para uma companhia aérea, a airBaltic da Letônia foi a responsável por receber essa aeronave. O CS300 é a maior variante de todas as novas aeronaves CSeries da Bombardier, é projetado para transportar entre 130 e 150 passageiros. 

“Estamos emocionados de estar levando para casa a primeira aeronave CS300”, disse Martin Gauss, Chief Executive Officer da airBaltic. “Eu gostaria de parabenizar toda a equipe da Bombardier; estamos orgulhosos de colaborar com vocês nesta grande conquista “, acrescentou o Sr. Gauss.

Foto - Bombardier/Reprodução
Foto – Bombardier/Reprodução

O primeiro voo comercial dessa aeronave CS300 da airBaltic, será de Riga para Amsterdam, e está agendado para 14 de dezembro de 2016. Em julho a Swiss, uma companhia aérea do grupo Lufthansa, realizou o primeiro voo com o CS100, a variante de menor tamanho da família CSeries, há quatro meses a Swiss opera com aeronaves CS100 da Bombardier, que já acumularam mais de 1500 horas voadas.

“Parabenizamos airBaltic, a primeira companhia aérea do mundo a operar a aeronave CS300, por sua visão de futuro. Agradecemos-lhes pela sua parceria e apoio desejamos um sucesso continuo “, disse Fred Cromer, presidente da Bombardier Commercial Aircraft.

Foto - Bombardier/Reprodução
Foto – Bombardier/Reprodução

“A entrega da primeira aeronave CS300 é um marco importante, proveniente de um trabalho duro e dedicado dos milhares de funcionários, parceiros e fornecedores. Parabenizo toda a equipe por seu compromisso com o programa da aeronave CSeries e pela sua perseverança em fazer este dia possível “, disse Rob Dewar, vice-presidente de programa CSeries da Bombardier Commercial Aircraft.

O CSeries é um programa da Bombardier que abrange o mercado de 100 a 150 passageiros, com dois tipos de aeronaves, o CS100, a menor versão, e o CS300. O projeto incorpora estrutura fabricada com o uso de material composto e motores de nova geração PW1500G. É bastante reconhecido pela grande encomenda realizada pela Delta Airlines e Air Canadá.

Foto - Bombardier
Foto – Bombardier

O CS300 é a variante mais popular da família CSeries, ao todo conta com 247 pedidos firmes por diversas companhias aéreas. 

A campanha de testes ensaios em voo do CSeries mostrou-se mais longa e mais cara do que a Bombardier já tinha previsto. O CSeries introduz várias inovações em tecnologia no setor aeronáutico, incluindo controles de voo fly-by-wire em parceria com a Parker Aerospace, painéis de asa produzidos em material composto e material de alumínio-lítio de para os painéis de fuselagem.

A Bombardier também foi a primeira fabricante que selecionou os motores de nova geração da Pratt & Whitney PW-G (Pure Power), além do novo conjunto de aviônicos da Rockwell Collins denominado ProLine, para compor sua aeronave.

COMPARTILHAR