O Relatório de Tarifas Aéreas Domésticas da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), divulgado ontem (10/10), mostra que 58,3% dos assentos vendidos entre janeiro e junho de 2016 custaram menos de R$ 300,00.

A tarifa aérea média doméstica real no primeiro semestre do ano se manteve praticamente estável quando comparada ao mesmo período de 2015, com um aumento de 0,2%, ficando em R$ 322,44, frente a R$321,66 no ano anterior, apesar da inflação registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ter sido de 4,42% na mesma base de comparação

Os assentos comercializados com tarifas inferiores a R$ 100,00 representaram 9,5% do total, e as tarifas superiores a R$ 1.500,00 representaram apenas 0,4% no período de janeiro a junho de 2016.

 

Você pode conferir o relatório da ANAC no link abaixo:

www.anac.gov.br/assuntos/setor-regulado/empresas/envio-de-informacoes/tarifas-aereas-domesticas

 

Via – Agência ABEAR

COMPARTILHAR