Essa não é a primeira vez que caças do Qatar interceptam aeronaves civis dos Emirados Árabes Unidos, a última ocorreu há cerca de 3 meses e também foi motivo de um grande questionamento por parte dos UAE.

O caso atual tem repercussões ainda maiores pois o fato ocorreu no espaço aéreo do Bahrein, que inclusive alega a entrada dos caças no espaço aéreo do país sem a devida autorização.

As autoridades aeronáuticas do Bahrein disseram que uma das aeronaves interceptadas foi um Airbus A320, que transportava passageiros, já a segunda aeronave eles optaram por não divulgar o modelo nem companhia envolvida.

Os Emirados Árabes Unidos não disseram os caças usados pelo Qatar na ação, mas possivelmente foi algum do modelo Dassault Mirage 2000-5.

Vale lembrar que alguns países impuseram sanções contra o Qatar em 2017,  como os Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Egito e Bahrein.

A ação da interceptação será denunciada à OACI (Organização da Aviação Civil Internacional), por parte do Bahrein e dos Emirados Árabes. Já o Qatar também entrará em contato com a OACI, uma vez que tais países que impuseram sanções contra o Qatar fecharam os seus respectivos espaços aéreos, para aeronaves do Qatar.

This post is available in: pt-brPortuguês