Militar Não categorizado News

Em orçamento anti-terror, Reino Unido irá comprar 138 F-35

F-35

Como parte dos gastos dito pelo Chanceler do Tesouro britânico , George Osborne, o governo inglês planeja comprar um montante de 138 caças Lockheed F-35 Joint Strike Fighter para equipar a Força Aérea Real e os porta aviões, a aeronave se tornaria dessa forma um amplo destaque nas forças defensivas, tanto por possibilitar ataques ao mar e ao solo se necessário.

Esse plano de aquisição poderia sair por um valor total de £12 bilhões para as 138 aeronaves, sendo que até 2023 eles planejam já estar com 24 ativas operando para os 2 novos porta aviões. “Até 2023, seremos capazes de ter estes jatos o Lockheed F35 de 5ª geração nas plataformas de nossos porta aviões, perdendo apenas para os Estados Unidos em quantidade”, disse Osborne.

Essa aquisição da Força Aérea Real, junto com os nove patrulheiros e a prolongação de vida dos Eurofighter Typhoon faz parte de um investimento 30% maior do que o normal em que o governo britânico se comprometeu para combater o terrorismo, junto a OTAN o Reino Unido se comprometeu a gastar 2% do seu PIB em defesa até 2020. O total investido em defesa será no valor de £178 bilhões.

Nota – O Reino Unido já tinha encomendado caças F-35 anteriormente com previsão de entrega a partir de 2018 para o primeiro esquadrão operacional e a partir de 2020 operar no novíssimo porta aviões HMS Queen Elizabeth, essa encomenda de 138 aeronaves para o Reino Unido inclui as 24 fixas em contrato sendo o resto opções de compra. A Grã Bretanha tem participação no projeto do Lockheed F-35 com outros diversos países. Atualmente pilotos da RAF já treinam em aeronaves F-35.

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This