A Israel Aerospace Industries (IAI) apresentou, no Singapore Air Show em Singapura, um recurso operacional e tecnológico inédito para a linha Heron RPA de sistemas aéreos remotamente pilotados.

Com o novo recurso, o Heron pode aterrissar automaticamente em pistas remotas situadas a centenas de quilômetros, com o suporte de uma pequena equipe local e infraestrutura básica de reabastecimento, antes de decolar para uma missão adicional. Baseado na comunicação via satélite combinada com decolagem e aterrissagem precisas, esse recurso inovador constitui um grande marco no conceito de operações remotas, oferecendo grande flexibilidade operacional.

A nova solução também proporciona significante economia nas estações de comando e nos recursos de equipes de voo, já que elimina a necessidade de retorno ao ponto original de decolagem para reabastecimento, reduzindo assim o tempo de voo e consumo de combustível, aumentando a disponibilidade operacional na área da missão e oferecendo várias opções para pousos de rotina e emergência. Com esse novo recurso, o VANT Heron poderá ser utilizado em missões ainda mais complexas e desafiadoras.

Foto – Divulgação

A linha Heron tem um longo e bem-sucedido histórico construído ao longo de anos a serviço de Israel, Alemanha e outras forças aéreas ao redor do mundo. A linha Heron engloba o Heron TP, Super Heron e Heron I, usados para missões estratégicas e táticas prolongadas e capazes de voar em condições climáticas adversas, carregar vários sensores simultaneamente e transmitir dados em tempo real às forças de campo e tomadores de decisão.

Shaul Shahar, vice-presidente executivo de Aeronaves Militares da IAI’s, declarou: “A atualização da capacidade operacional da linha Heron atende à necessidade de nossos clientes de uma alta flexibilidade operacional e deve aumentar o número de mercados que almejamos. Este é um salto quântico em termos de tecnologia e operacionalidade que assumimos com entusiasmo”.

This post is available in: pt-brPortuguês