Foto - Força Aérea Brasileira/Divulgação
Foto – Força Aérea Brasileira/Divulgação

Cerca de 20 mil pessoas estiveram presentes ao Portões Abertos da BANT 2016, que ocorreu na Base Aérea de Natal (BANT), no último domingo (20/11), durante o Portões Abertos da instituição. Durante o evento, mais de 3,5 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadadas e serão doadas para sete instituições de assistência social de Natal e Parnamirim (RN).

“É a primeira vez que eu venho e estou impressionada com a organização e muito feliz de estar vendo tanta coisa bacana. A Força Aérea está realizando um espetáculo para o público com as apresentações militares˜, afirmou a funcionária pública Juliana Mousinho, que esteve no evento com a família.

Foto - Força Aérea Brasileira/Divulgação
Foto – Força Aérea Brasileira/Divulgação

As unidades aéreas da Força Aérea Brasileira (FAB) sediadas em Natal demonstraram, durante todo o dia, algumas operações que são realizadas pelas aviações de transporte, asas rotativas e caça. O público também pôde conhecer aeronaves civis e militares que ficaram expostas durante todo o dia, além de conferir simulações do uso dos cães de guerra pelo Batalhão de Infantaria de Aeronáutica da BANT.

Entre as atrações artísticas, a Banda de Música da base aérea mostrou versatilidade com sua versão Big Band e com músicas populares. Ainda houve shows da Banda Rota 101, da Cia de Teatro Era Uma Vez, que apresentou a peça infantil Frozen, e o cantor, sanfoneiro e compositor Waldonys fechou a noite com chave de ouro, gravando trechos para o seu novo DVD.

Foto - Força Aérea Brasileira/Divulgação
Foto – Força Aérea Brasileira/Divulgação

Na avaliação do Comandante da BANT, Coronel Aviador Antonio Santoro, o evento foi muito positivo. “Este evento tem uma importância especial pela oportunidade de integração da nossa Força Aérea com a sociedade potiguar, que nos recebe tão bem há 74 anos. Também é uma oportunidade de divulgação do trabalho realizado pelo Comando da Aeronáutica para bem cumprir a missão de manter a soberania do espaço aéreo nacional, com vistas à defesa da pátria”, finalizou o Coronel Santoro.

 

Via – Força Aérea Brasileira

COMPARTILHAR