Foto - Marina Lystseva
Foto – Marina Lystseva

Animada com a finalização dos testes em 2016 e a possível certificação da aeronave até o final do ano, a Rússia espera colocar o PAK FA, seu caça de 5ª geração em produção seriada já em 2017. As afirmações foram feitas através do Coronel-General, Viktor Bondarev, da Força Aérea Russa. “A aeronave de testes T-50 é a décima na linha de montagem e já está com 60 a 70% do processo de certificação pronto. Esta aeronave vai ser o último na série de testes “, disse Bondarev, acrescentando que é 100% de certeza de que os PAK FA irá passar por testes do governo até o final de 2016.

Bondarev também afirmou que o motor que irá equipar o PAK FA entrará em testes ano que vem, e já estará disponível para equipar a aeronave em 2018. No momento, o PAK-FA é alimentado com dois motores AL-41F1 que lhe permitem voar com uma velocidade supersônica de cruzeiro, tem a velocidade máxima de 2600 km/h, e uma range máximo de voo para 5500 km (com dois tanques de extra). O motor original no projeto do PAK FA irá acrescentar um melhor desempenho de voo ao mesmo tempo em que aumenta a autonomia da aeronave.

O PAK-FA, o primeiro avião militar russo desenvolvido a partir do zero, desde a queda da União Soviética, realizou seu vôo inaugural em 29 de janeiro de 2010. Atualmente a Rússia também desenvolve um bombardeiro de longo alcance, no mesmo estilo do TU160 e B2, porém com tecnologias de 5ª geração, a previsão é ter o primeiro voo até 2021.

COMPARTILHAR