A CCR Aeroportos assume neste domingo, 1º de maio, a operação do Aeroporto da Pampulha, na cidade de Belo Horizonte. Concedido pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (SEINFRA).

Este é o 16º aeroporto que a companhia começa a administrar em 2022. Em março, já havia assumido outros 15 aeroportos, conquistados na 6ª Rodada de Concessões Aeroportuárias do Governo Federal, tornando-se a maior operadora em número de aeroportos no país.

Assinado em fevereiro deste ano com o governo de Minas, o contrato de concessão do Aeroporto da Pampulha prevê serviços de operação e conservação pelo prazo de 30 anos, com investimentos previstos de R$ 151 milhões nesse período.

Aeroporto da Pampulha
Aeroporto da Pampulha atualmente – Foto Wikipédia

A assunção do aeroporto integra o planejamento estratégico do Grupo CCR, tendo como foco seu crescimento qualificado, disciplina de capital, agregação de valor aos acionistas e contribuição para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental das regiões onde atua.

“Por meio da nossa atuação no Aeroporto da Pampulha, a CCR Aeroportos tem como objetivo contribuir para potencializar ainda mais o desenvolvimento sustentável de Belo Horizonte, impulsionando negócios, gerando empregos e renda. Temos como pilares de nossa gestão a segurança, eficiência e as boas experiências de nossos clientes”, destaca a CEO da CCR Aeroportos, Cristiane Gomes.

 

Primeiros investimentos

As primeiras ações da CCR Aeroportos serão na requalificação da infraestrutura, na sinalização, pintura, aplicação de nova identidade visual, higiene e limpeza, entre outros serviços que serão percebidos de maneira mais imediata pelos clientes.

Simultaneamente à operação e às primeiras intervenções, relacionadas às obrigações previstas no contrato de concessão, a empresa começa agora a refinar os cronogramas e projetos de investimentos. A companhia também já está em contato com parceiros, analisando oportunidades para a viabilização de oportunidades e negócios.

“A partir de agora o Aeroporto da Pampulha passará a receber todas as melhorias que merece, o que vai beneficiar de forma geral toda a região. O Estado acompanhará de perto esse movimento, e acredito que em breve o terminal já estará em um novo patamar de qualidade”, avalia o Secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.