Aeroporto de Santa Rosa
Foto: Governo do RS

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu a licença que permite a ampliação da pista do Aeroporto de Santa Rosa, na região Noroeste do Rio Grande do Sul.

A licença prévia e de instalação para ampliação (LPIA) permitirá aumentar a pista em 430 metros; a implementação do terminal de passageiros; a instalação das Resas (área de segurança de fim de pista), do pátio de aeronaves, do estacionamento e do hangar; além da ampliação das dimensões da pista de táxi.

“O aeroporto de Santa Rosa funciona para pequenas aeronaves, e essa licença possibilitará a implantação de elementos que proporcionarão mais segurança às pessoas. Será um importante investimento do município e da União. O nosso Estado precisava desse aporte em infraestrutura”, afirmou a secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, sobre o documento emitido na última na sexta-feira (20/5).

Segundo o presidente da Fepam, Renato Chagas, a fase de reuniões técnicas entre a Fepam e o empreendedor foi cumprida com a “máxima atenção ambiental que um projeto como este requer”.

“Essa licença trará a possibilidade de ter voos com um número ampliado de passageiros e, principalmente, aproximar Santa Rosa do restante do mundo”, afirmou o prefeito de Santa Rosa, Anderson Mantei.

Atualmente, o terminal possui uma pista de pouso e decolagem com 30 metros de largura por 1200 metros de comprimento, uma pista de taxiamento e um pátio de aeronaves. Entretanto, estas áreas não possuem as dimensões necessárias ao atendimento das aeronaves de maior porte utilizadas pelas companhias aéreas em rotas de aviação regional. Com a adequação do projeto, o aeródromo poderá receber aeronaves do tipo Airbus A319.

De acordo com a Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, o aeroporto possui a maior estimativa de movimentação de passageiros da região, com previsão de movimentação de 48934 passageiros no ano de 2037.

 

Via: Governo do Rio Grande do Sul