A Airbus anunciou nesta semana que comprou a Voom, uma empresa brasileira especializada em oferecer serviços de voo sob demanda com helicópteros. A Voom opera desde o início em São Paulo, quando inaugurou suas operações no começo de 2017.

A empresa não é tão brasileira, ela era controlada por uma subsidiária do Grupo A³, este último se localiza no Vale do Silício. O destaque da Voom era a operação sob demanda, você poderia solicitar um voo de helicóptero em São Paulo através de um aplicativo de celular. A empresa chegou até fazer uma parceria com Cabify, que você poderia pedir um helicóptero pelo aplicativo.

Envolvida com a tecnologia, a Voom cresceu o número de voos em 200%, durante esse primeiro ano de operação.

 

Expansão da tecnologia

A Voom servirá como uma empresa especializada em voos urbanos, e também como apoio da Airbus para incorporar as novas tecnologias, como o CityAirbus, uma espécie de aeronave elétrica com capacidade de transportar vários passageiros, e de pilotagem autônoma.

Além disso a Airbus testará outro conceito, desenvolvido em parceria com a ItalDesign, que tem capacidade de virar carro ou um quadricóptero, trafegando nas diversas condições de uma cidade.

Foto – Airbus

“A Voom nos permitirá aumentar o uso dos helicópteros existentes em benefício dos cidadãos urbanos e dos operadores. Com a Voom, também exploraremos e desenvolveremos novos modelos de negócios para apoiar nosso plano de inovação e projetos, como a CityAirbus, aeronave elétrica, multi-passageiro, auto pilotada, de decolagem e pouso vertical, projetada para a mobilidade aérea urbana “, disse Matthieu Louvot, vice-presidente executivo de serviços aos clientes e suporte da Airbus Helicópteros.

A Voom integrará a capacidade da Airbus Helicopters de produzir e operar as aeronaves, não necessitando de um terceiro para isto.