Airbus A350

A Airbus deverá fechar as primeiras vendas para a versão cargueira de seu A350 em breve, a nova aeronave vai permitir a fabricante entrar em um mercado dominado pela Boeing. A fabricante norte-americana praticamente domina o mercado de aeronaves cargueiras pois oferece um catálogo com mais opções.

A fabricante europeia já tem conversas adiantadas com algumas companhias aéreas e com isso está buscando a certificação e autorização para iniciar suas vendas nas próximas semanas.

O CEO da Airbus, Guillaume Faury, disse em entrevista que está animado para entrar em uma concorrência com a Boeing no mercado de cargueiros. Segundo o analista Sandy Morris, a Airbus irá tentar afrontar a Boeing mas prega cautela. 

“Deixar a Boeing em uma posição incomparável é umpouco perigoso para a Airbus,trata-se tanto de abordar os pontos em que seu concorrente éforte quanto de abordar os pontos fracos.” Disse o analista.

A utilização desse modelo em suas vantagens, ele pode concorrer facilmente com a versão do 777-300ER convertida para cargueiro, um projeto que ainda está “correndo”, ao mesmo tempo é uma opção maior em relação ao 777F, baseado no 777-200LR.

O A350-1000 tem capacidade de transportar até 300 m³ a bordo, enquanto o 777-200LR tem capacidade de transportar 650 m³. Em questão de carga útil, o A350-1000 consegue suportar algumas toneladas a mais, somente.

A dificuldade da Airbus, para criar um cargueiro com base no A350, é devido ao próprio projeto estrutural da aeronave. Neste caso a Airbus, quando projetou o A350, fez uma fuselagem com base em painéis fabricados em material composto, bastante diferente do seu concorrente, o 787.