Aeroporto de Viracopos
Foto - Aeroporto de Viracopos/Divulgação

O Grupo Alibaba é uma gigante das vendas online na China, e comercializa produtos para diversos países, especialmente na América do Sul.

E a empresa está realmente inclinada a constituir um hub de cargas na América do Sul. Através de uma parceria com a Global Logistics Properties (GLP), o Aeroporto de Viracopos, em Capinas, pode ser a sede desse novo centro de distribuição no Brasil.

A parceria com a GLP seria um método de contornar os problemas gerados para obter uma concessão de uso do espaço, algo difícil de obter aqui no Brasil, especialmente em aeroportos com muita movimentação de carga, como em Viracopos.

Continua depois do anúncio

Em um caso muito extremo o grupo poderia obter a concessão de administração do Aeroporto de Viracopos, que atualmente é administrado pela Aeroportos Brasil, que está com várias dívidas decorrentes das obras de expansão e a recessão da economia no Brasil.

O Grupo não declarou na publicação do Centre for Aviation (Capa) se tem um projeto de abrir uma companhia aérea cargueira no Brasil, para a distribuição de mercadorias na América do Sul, mas com certeza Viracopos é um aeroporto bem-servido de companhias aéreas desse ramo, com a presença da ABSA, Azul, Atlas Air, Lufthansa, Modern e Sideral com voos regulares, e ainda voos não-regulares da CargoLux.

Continua depois do anúncio