Alpha-Jet Nigeriano.

Uma aeronave Dassault-Dornier Alpha-Jet da Força Aérea Nigeriana (NAF), foi abatido por rebeldes por volta de 12h45 do último domingo (18). A aeronave retornava de uma missão de ataque entre os estados de Zamfara e Kaduna, no noroeste do país, quando começou a ser fortemente alvejado, vindo a cair em Zamfara. 

O piloto, mais tarde identificado como Tenente de Voo Abayomi Dairo, ejetou da aeronave e conseguiu evitar a captura por parte dos rebeldes presentes na região. Segundo a NAF, Dairo conseguiu escapar “dos bandidos” usando seu instinto de sobrevivência, refugiando-se em assentamentos próximos aguardando o pôr do sol. Usando a cobertura da escuridão e seu telefone definido para navegação, o aviador guiou-se até uma unidade do Exército Nigeriano, onde foi resgatado. 

O Tenente Abayomi Dairo depois de ser resgatado. Imagem via Opera News

Em comunicado, o porta-voz da NAF, Edward Gabkwet, afirmou que ao ser informado do abate, o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Marechal da Aeronáutica Oladayo Amao, ordenou que todos os esforços fossem direcionados na busca e resgate do Tenente Dairo. Dessa forma, helicópteros de ataque e ativos de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR) prestaram suporte às tropas especiais da NAF e do Exército, que foram capazes de localizar o local do acidente e o paraquedas do piloto, ao mesmo tempo que vasculhava locais próximos em busca de qualquer sinal do piloto. 

O piloto confirmou que a presença de aeronaves da NAF nas proximidades do local do acidente ajudou a assustar os bandidos que estavam atrás dele, permitindo-lhe encontrar refúgio e escapar para um local seguro, disse Gabkwet.

“É importante lembrar também que apenas recentemente, o Presidente, Comandante-em-Chefe das Forças Armadas da República Federal da Nigéria, Presidente Muhammadu Buhari, GCFR, ordenou às Forças Armadas da Nigéria que fizessem todo o possível para expulsar os elementos criminosos dos Estados de Katsina, Zamfara e Kaduna. É em cumprimento a esta diretriz que a NAF, em conjunto com as forças de superfície, montou nas últimas duas semanas, intensas operações diurnas e noturnas de interdição aérea contra bandidos e seus esconderijos, especialmente nestes três estados.”

Foto: Kenneth Iwelumo via Wikimedia.

“Por meio dessas operações aéreas intensas, centenas de bandidos foram neutralizados e vários de seus esconderijos destruídos. Apesar do revés do acidente de ontem, a NAF continua empenhado em cumprir o mandato do Sr. Presidente, bem como outras funções constitucionais atribuídas a ele. A disposição, prontidão e capacidade testada da NAF permanecem inabaláveis ​​e inabaláveis ​​à medida que continua a cumprir suas funções atribuídas.”

No final de março a Força Aérea Nigeriana perdeu outro Alpha Jet em combate. O grupo terrorista Boko Haram assumiu a responsabilidade pela queda do jato, publicando imagens de membros da organização nos destroços, além dos restos mortais dos pilotos. 

DEIXE UMA RESPOSTA