ANAC autoriza a comercialização de assentos individuais em empresas de táxi-aéreo

Foto - Embraer/Divulgação

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou a comercialização de assentos individuais em empresas de táxi-aéreo.

Anteriormente a modalidade estava sendo realizada com autorização da agência, por empresas que atuavam como intermediadoras entre o cliente e o táxi-aéreo. Porém, era apenas uma venda comissionada, sem atuação direta da empresa de táxi aéreo.

As empresas de táxi aéreo podem operar até quinze frequências semanais vendendo assentos individuais, como as companhias aéreas regulares. As empresas podem vender até 19 assentos por voo.

De acordo com a ANAC, a medida que vale por dois anos estimula o setor de aviação e reforça a posição de caixa das companhias de táxi-aéreo. A agência ainda vai discutir se essa será uma mudança permanente.

Atualmente o Brasil tem cerca de 120 empresas que operam táxi-aéreo com certificação e autorização da ANAC. São mais de 600 aviões de pequeno porte operados por essas empresas, entre monomotores e bimotores a pistão até jatos executivos de luxo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA