A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) finalizou, na tarde desta sexta-feira (20/09), avaliação que atesta as obras de recapeamento da pista principal do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

A liberação pela ANAC foi concedida após serem executados os testes necessários para a volta das operações na pista principal do aeroporto.

A partir de sábado (21/09), pousos e decolagens poderão ocorrer normalmente na pista principal do Aeroporto Santos Dumont, considerando apenas as limitações operacionais pré-existentes e já adotadas pelas companhias aéreas em virtude da localização do aeroporto.

 

Manutenções e capacitações durante a recuperação da pista

Durante o período de obras na pista principal, o Aeroporto Santos Dumont realizou revisões e ajustes em elevadores, escadas rolantes, raio-x e pontes de embarque.

Em outra frente, a Infraero fará o treinamento de gerenciamento de risco de fauna para bombeiros de aeródromo e fiscais de pátio, aproveitando a flexibilidade nas escalas de trabalho a partir da redução nas operações. Já a área de segurança irá aplicar os cursos de atendimento ao cliente para os agentes de proteção da aviação civil, responsáveis pela operação dos raios-x e detectores de metal; além de um treinamento sobre permanência em área de manobras de aeronaves.

Histórico de manutenções na pista

A pista principal do Aeroporto Santos Dumont estava em obras desde o dia 24 de agosto para recuperação do pavimento asfáltico e a substituição integral da Camada Porosa de Atrito (CPA), o que ensejou, temporariamente, o remanejamento dos voos para o Aeroporto do Galeão (RJ).

A última vez que a pista do aeroporto passou por manutenção semelhante foi em 2009. À época, o Santos Dumont seguiu operando normalmente, também por meio da pista auxiliar.

A expectativa é de que a atual recuperação da pista dure em torno de 10 anos, até uma nova manutenção.