LATAM Boeing 787
Foto: LATAM/Divulgação

Na última sexta-feira (6/8), a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) emitiu o Certificado de Tipo para o Boeing 787 Dreamliner, que valida o projeto da aeronave no Brasil e constitui um dos passos para permitir que operadores brasileiros utilizem a aeronave.

Originalmente certificado pela Federal Aviation Administration (FAA) em 2011, o modelo está em operação em diversos lugares do mundo desde então.

A validação do projeto da aeronave no Brasil permite que a ANAC conheça e se envolva em aspectos relevantes e de segurança deste projeto com foco em garantir a operação segura e a aeronavegabilidade continuada para os operadores brasileiros. Para a aprovação do modelo, foram feitas avaliações tanto de documentos e dados quanto operacional e atividades de ensaios em voo.

Atualmente a LATAM está trabalhando para transferir um Boeing 787 para a frota da filial brasileira, após um reajuste na sua malha de aviões widebody (Clique Aqui para ver mais).

O Boeing 787 opera com dois motores com capacidade variando de 300 a 440 passageiros, dependendo da configuração de assentos. É uma aeronave de fuselagem larga (“wide body”), sendo usualmente utilizada para voos internacionais de longa distância.

A aeronave utiliza uma série de novas tecnologias principalmente na sua construção com material composto sendo também conhecida por ser bastante eficiente em termos de consumo de combustível.

DEIXE UMA RESPOSTA