Antonov AN-12
Foto: Peter Bakema / Wikimedia Commons

Um Antonov An-12 da Meridian, uma empresa de transporte aéreo cargueiro sediada na Ucrânia, caiu neste último sábado (16/07) nas proximidades de Kavala, no norte da Grécia.

De acordo com relatos, oito tripulantes estavam a bordo da aeronave, sendo que 12 toneladas de armas e munições estavam em seu interior. Logo após o impacto com o solo, o An-12 pegou fogo, e poucos destroços da aeronave estão intactos.

O Antonov An-12 de matrícula UR-CIC está operando há 51 anos, e fazia um voos a partir do Aeroporto Nis Constantine, o Grande (INI) na Sérvia e estava indo para o Aeroporto Internacional Rainha Alia de Amã (AMM), na Jordânia, de acordo com o Flightradar24. O destino final do avião era Bangladesh.

O piloto teria pedido um pouso de emergência no Aeroporto de Kavala devido a uma falha no motor, mas não conseguiu pousar a tempo. Os moradores locais testemunharam que o An-12 estava em chamas antes do acidente. Dois bombeiros precisaram de hospitalização, devido ao contato com a fumaça tóxica.

O acidente foi confirmado pelo porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, Oleg Nikolenko. Ele acrescentou que a causa do acidente foi uma falha de um dos motores.

O Ministério da Defesa de Bangladesh negou que a carga era composta de armas, contradizendo Nebojsa Stefanovic, o Ministro da Defesa da Sérvia.

De acordo com um relatório da Reuters , DenysBogdanovych, diretor geral da Meridian, confirmou o relato da Sérvia sobre os eventos de que este acidente “não estava relacionado à Ucrânia ou à Rússia”.

Veja abaixo alguns vídeos da queda desse An-12: