Boeing 737 Southwest
Foto - Southwest

A Southwest realizou recentemente uma grande encomenda para novos aviões Boeing 737 MAX nas versões -7 e -8. Depois de um longo período analisando qual seria a aeronave substituta do Boeing 737-700NG, agora com a definição a companhia aérea norte-americana irá começar a planejar o cronograma de aposentadoria do modelo.

Ao todo a Southwest firmou um acordo para 200 encomendas firmes, com mais 155 opções de compra, que se exercidas podem elevar o valor do acordo para US$ 28,05 bilhões, quando consideramos o valor de tabela das aeronaves. A companhia norte-americana tem um total de 200 encomendas firmes para o 737 MAX 7 e 180 para o modelo 737 MAX 8, com mais 270 opções de compra para os dois modelos.

As entregas do novo Boeing 737 MAX 7 deverão começar em 2022, com isso a empresa deverá ter uma redução nos custos operacionais. Neste ano, a companhia já aposentou 8 737-700 e planeja retirar mais pelo menos 9 aeronaves até o final do ano. 

Os Boeings 737-700NG da Souhwest possuem uma idade média de 16,7 anos, a medida que se aproximam dos 20 anos de operações, as aeronaves são retiradas. A longo prazo, a empresa planeja aposentar todos entre 10 e 15 anos.

Atualmente a frota conta com 462 aeronaves do tipo, sendo 383 ativos junto com 204 737-800 e 36 737 MAX 8. A medida queo novo avião chega, a Southwest irá aumentar a quantidade de aeronaves 737-700 aposentadas ano a ano.

“Continuamos diligentes na gestão de custos e despesas de capital, em particular neste ambiente. Nossa carteira de pedidos atualizada com a Boeing permite que a Southwest preserve as vantagens de baixo custo de um único tipo de frota, e o equilíbrio de pedidos firmes e opções – junto com a flexibilidade com planos de aposentadoria 737-700 – permite a oportunidade de gerenciar as necessidades de nossa frota ao longo do próxima década.” Disse Tammo Romo, Vice-Presidente Executivo e Diretor Financeiro. 

“Agora estimamos os gastos contratuais de capital com aeronaves para todos os anos de 2021 a 2026, que consiste em 169 pedidos firmes MAX com a Boeing (135 MAX 7 e 34 aeronaves MAX 8), em aproximadamente US $ 5,1 bilhões. Nosso gasto de capital contratual estimado em aeronaves permanece imaterial em 2021, e espera-se que seja de aproximadamente $ 700 milhões em 2022.” Completou.

Conforme a demanda e o mercado aéreo se apresentam, a Southwest pode acelerar ainda mais a aposentadoria do modelo. Diante de um cenário delicado e sem nenhuma certeza dos próximos anos, a companhia tende a reduzir seus custos com cada aeronave aposentada. A redução de custos iriam desde a manutenção e conservação até consumo de combustível. 

Dependendo da avaliação da companhia norte-americana nos próximos anos, as opções de compras poderão se tornar opções firmes, permitindo elevar ainda mais o número de aeronaves 737-700 retiradas de operação.