Marília Mendonça
Foto: Autor desconhecido

A cantora Marília Mendonça faleceu após sofrer um acidente de avião na tarde desta sexta-feira (5) na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. Na ocasião um Beechcraft C90A King Air, caiu enquanto se aproximava para pouso na Serra de Caratinga, no interior de Minas Gerais.

O acidente ocorreu próximo das 15h30. Contudo, por conta do difícil acesso ao local os bombeiros chegaram ao local para o resgate somente às 16h25.

A aeronave estava com cinco ocupantes no momento do acidente, uma delas a cantora Marília Mendonça, onde faria um show em Caratinga. A bordo do avião também estavam dois pilotos, que infelizmente faleceram.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora)

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais soltou uma nota, afirmando que todos os ocupantes da aeronave faleceram após o acidente, leia a nota na íntegra:

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais.

Entre as mortes confirmadas estão:

  • Marília Mendonça, cantora;
  • Henrique Ribeiro, produtor de Marília;
  • Abicieli Silveira Dias Filho, tio e assessor da cantora;
  • Piloto do avião, nome ainda não revelado;
  • Co-piloto do avião, nome ainda não revelado;

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga (MG), onde Marília teria uma apresentação esta noite”, disse a assessoria da cantora em nota oficial.

A aeronave de matrícula PT-ONJ estava sendo operada pela PEC Táxi Aéreo, que tem autorização para esse tipo de serviço pela ANAC. As causas do acidente serão apuradas posteriormente em investigação do CENIPA.

Em nota a ANAC disse:

“Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) se solidariza com os familiares das vítimas do acidente aéreo na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais, nesta sexta-feira (5/11).

A aeronave de matrícula PT-ONJ, modelo C90A, tinha como proprietário e operador a empresa Pec Taxi Aereo Ltda e possuía capacidade para transportar seis passageiros, além dos pilotos.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), o avião estava com o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) válido até 01/07/2022. A empresa tinha autorização para operar táxi-aéreo.”

Em nota a empresa de táxi-aéreo disse: “A PEC Táxi Aéreo, empresa da aeronave que transportava a cantora Marília Mendonça e sua equipe nesta sexta-feira (5/11), lamenta o acidente que terminou com a morte da artista e de mais quatro pessoas – o produtor Henrique Ribeiro, o tio dela, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros, e o copiloto Luiz Eduardo David Guimarães.”

DEIXE UMA RESPOSTA