Avião An-12 Antonov
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

Sendo um avião com um design robusto e chamativo, o Antonov An-12 sem dúvidas é uma das aeronaves soviéticas mais icônicas já produzidas. 

O avião foi desenvolvido com características para operações militares e civis, o que justifica o seu uso em mais de 5 décadas para o transporte de cargas.  Aliás, o  An-12 é uma aeronave de grande sucesso para a indústria soviética, se tornando uma alternativa ao C-130 Hercules americano. 

Com duas visitas recentes no Brasil, um An-12 da Ukraine Air Alliance se prepara para mais uma visita nos próximos dias. Apesar de não se saber o teor da carga transportada, ver um An-12 em pleno 2022 operando no Brasil se torna uma oportunidade ímpar e talvez a única para alguns entusiastas e amantes da aviação. 

Após uma breve consulta no sistema da ANAC de voos planejados (SIROS),  o An-12 Ukraine Air Alliance passará no Brasil no próximo sábado, tendo Manaus (MAO) como o primeiro destino. De Manaus, a aeronave segue para Brasília, onde a aeronave ficará em solo por três horas, tendo como destino final, o aeroporto do Galeão.

 

Confira a programação completa dos voos no Brasil**:

Por se tratar de um voo de carga, é bastante comum que ocorram atrasos nas operações, podendo mudar não só o horário mas também as datas planejadas das operações. 
Confira alguns vídeos com a passagem da aeronave em Manaus em 2021:
**

Quando veio no final de novembro de 2021, o Antonov An-12 estava transportando de Houston para o Brasil, equipamentos para a indústria de petróleo, com desembarque da carga no Rio de Janeiro. As escalas em Manaus e Brasília foram para reabastecimento.

Contudo, com praticamente a mesma rota a ser executada agora em janeiro, é provável que a presença do An-12 esteja transportando os mesmos ou similares equipamentos transportados em novembro do ano passado.

Rota na íntegra a ser executada pelo An-12 Foto: Great Circle Mapper

Com mais de 1240 unidades produzidas, o avião segue em serviço em várias empresas civis e forças armadas ao redor do Mundo. A tripulação da aeronave é composta por 5 pessoas, em comparação com os dois tripulantes dos aviões atuais.

Por fim, apesar de ser um concorrente do C-130 Hercules, o An-12 tem como desvantagem a ausência de uma rampa traseira para o descarregamento, bem como a falta de pressurização no compartimento de cargas. 

Com informações: ANAC

DEIXE UMA RESPOSTA