Airbus A330-200 Azul FAB
PR-AIS adquirido pela FAB esteve em operação pela Avianca Brasil. Foto: Leonardo Mello via FAB.

O Airbus A330-200 de matrícula PR-AIS, comprado nas últimas semanas pela Força Aérea Brasileira (FAB), já foi colocado em condições de voo pela Azul nos últimos dias.

O avião já cumpriu o primeiro voo de testes, realizado neste último sábado, 14 de maio, no interior paulista, decolando e pousando no Aeroporto de Viracopos. O voo durou aproximadamente 1h40, onde o A330 atingiu a altitude máxima de 22000 pés, mas cumpriu boa parte da rota abaixo de 15000 pés.

A aeronave estava há mais de 12 meses desativada, e operou pouquíssimos voos desde 2019 nas cores da Azul.

De acordo com informações de fontes do Portal AEROFLAP, o avião está sendo preparado nos últimos dias para a entrega à FAB, que deverá ocorrer até o dia 17 de junho. Por este motivo, o A330 passará por um check-c (revisão) e também a pintura na cor branca, antes de ser entregue para os militares.

Azul Airbus A330

Todo o serviço acontecerá na Jordânia, devido a disponibilidade de equipe de manutenção para este tipo de serviço. Vale ressaltar que no Brasil a Azul não tem uma cabine para pintura de aviões como o A330.

Veja o rastreamento do voo, que foi realizado ontem, Clicando Aqui.

 

Contrato para aviões MRTT da FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) assinou no dia 18 de abril deste ano um contrato de aquisição de duas aeronaves modelo Airbus A330-200, compatíveis com a versão militar  A330 MRTT (do inglês Multi-Role Tanker Transport).

A empresa Azul S.A. foi declarada vencedora ainda no início de abril por atender a todos os requisitos do certame, apresentando uma oferta no valor global de aproximadamente US$ 80 milhões, o equivalente a R$ 375 milhões de reais, na cotação atual. O processo foi encerrado no último dia 07 de abril.

Airbus A330 MRTT FAB Notícias Aviação Força Aérea Brasileira

A empresa aérea apresentou as aeronaves MSN 1492 (Número de Série do Fabricante), que já operava, e a MSN 1508, adquirida no mercado internacional e ofertada para a licitação. Conforme previsto no edital, a primeira aeronave deverá ser entregue em até 90 dias e a segunda em até 150 dias, contados a partir da assinatura do contrato.

A negociação com a empresa Airbus para conversão das aeronaves comerciais em plataformas MRTT será iniciada nas próximas semanas, a fim de que a primeira aeronave com esta configuração entre em operação em 2024.

Ambas, que já estão com suas matrículas definidas (FAB 2901 e FAB 2902), receberão o designativo KC-30 e serão operadas pelo Segundo Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (2º/2º GT) – Esquadrão Corsário, sediado na Base Aérea do Galeão (BAGL), no Rio de Janeiro (RJ).

Os dois widebody são aeronaves ex-Avianca Brasil. O MSN 1492, mais novo, fez seu primeiro voo em 14/04/2014 e entregue à Avianca com a matrícula N941AV em outubro de 2014. Em novembro de 2017 foi repassado à Avianca Brasil que o operou até o encerramento das suas operações com a matrícula PR-OCJ. Depois de ser adquirido pela Azul Linhas Aéreas em 2019, recebeu a o registro PR-AIS e foi estocado em dezembro de 2020. 

Já o MSN 1508 fez seu primeiro voo em 14/03/2014, também entregue à companhia aérea colombiana em outubro do mesmo ano, com a matrícula N508AV. Em julho de 2017 foi transferido para o braço brasileiro da Avianca recebendo a matrícula PR-OCK e mais tarde foi devolvido à companhia de leasing Titan Airways, onde está registrado como G-POWX.