Azul Linhas Aéreas Reciclagem Snacks
Foto: Azul Linhas Aéreas

A partir de agora, os pilotos e comissários da Azul podem usar piercings na orelha e sobrancelha, exibir suas tatuagens nos braços e nas pernas e variar o estilo do cabelo – de cores a penteados. A companhia, seguindo as normas de segurança, ouviu as sugestões dos aeronautas para criação de um novo manual de uniformes e apresentação pessoal.

“O uniforme dos pilotos e comissários compõe a experiência de voo dos Tripulantes e Clientes, além de ser pensado levando em consideração questões relacionadas à segurança. Entendemos que algumas mudanças, sugeridas pelos próprios aeronautas, poderiam ser incorporadas para tornar o dia a dia do time mais confortável, respeitando o estilo e a personalidade de cada um”, explica Daniel Tkacz, vice-presidente de Operações da Azul.

Com isso, pilotos e comissários podem ousar mais em seus estilos pessoais, o que também inclui mais opções de maquiagem, esmaltes, cores no cabelo e penteados, tanto para mulheres quanto para os homens – que poderão inclusive usar cabelo comprido presos em coque samurai ou rabo de cavalo.

As novas regras, além de mais modernas, também estão mais bem alinhadas com a realidade brasileira. Agora, no embarque de voos domésticos, o uso do blazer pelos comissários de voo se tornou opcional – antes, era requerido o uso durante embarque e desembarque.

O time que trabalha nos aeroportos também teve seu estilo atualizado, priorizando o conforto no dia a dia em solo. Dentre as principais mudanças, o uso de tênis passou a ser permitido, bem como acessórios – incluindo piercing – e tatuagens à mostra. O uso do lenço, adereço que faz parte do uniforme, passou a ser opcional, priorizando o conforto e segurança do Tripulante.

“Para o time de Aeroportos, as mudanças foram pensadas para trazer mais conforto, priorizando sempre a segurança. A apresentação pessoal, tanto dos aeronautas, quanto do time de solo, faz parte do que é a Azul e queremos que todos nossos Tripulantes se sintam bem para exercer sua função da melhor maneira possível”, afirma Jason Ward, vice-presidente de Pessoas e Clientes da Azul

Além das mudanças já colocadas em prática, um comitê foi criado para, constantemente, analisar novas possibilidade de tornar as orientações de apresentação pessoal mais agradável e confortável para os times envolvidos.