Projeção artística do Bell 360 Invictus. Imagem: Bell.

A Bell já completou 30% da montagem do 360 Invictus, novo helicóptero de ataque e reconhecimento. A aeronave está sendo desenvolvida para o programa Future Attack Reconnaissance Aircraft (FARA), do Exército Americano, que visa a escolha de um substituto para o OH-58 Kiowa Warrior, aposentado em 2017. 

A construção da aeronave se iniciou em outubro de 2020 na sede da companhia em Amarillo, no Texas. Até o momento, tudo segue dentro dos prazos estipulados.

“Você vê muito da estrutura e do revestimento se unindo na aeronave. Estamos prestes a começar a sistematização de vários sistemas da aeronave”, disse Keith Flail, vice-presidente executivo de sistemas avançados de elevação vertical, à Flightglobal, no dia 24 de março.

“O exército agendou um Conselho de Supervisão de Requisitos do Exército em abril, onde eles revisarão e validarão os requisitos para o sistema de armas. Ainda estamos no caminho de ter a aeronave completa para executar testes em solo no verão de 2022, com o primeiro voo logo depois disso”, diz Flail.

O Projeto FARA é a grande prioridade da Aviação do US Army no momento. A organização quer que o helicóptero vencedor seja projetado, construído, testado, transportado e enviado para sua primeira unidade até 2028.

Enquanto a Bell participa do projeto com o 360 Invictus, a Sikorsky compete com o Raider-X, desenvolvido a partir do S-97 Raider.

RAIDER X- Foto: Lockheed Martin