Boeing 737-800 Aeroflot Rússia
Foto: AirlinesFleet

Um Boeing 737-800 da companhia aérea russa, Aeroflot, teve problemas nos flaps durante a aproximação para pouso no Aeroporto de Krasnodar na Rússia. A bordo do 737 estavam 149 ocupantes entre passageiros e tripulação.

O 737-800 de matrícula VP-BZB foi recebido pela Aeroflot em 2014, realizava o voo SU1104 no dia 28 de março, partindo de Moscou Sheremetyevo. No momento que a aeronave estava realizando a aproximação para pouso a 3 mil pés de altitude, o sistemas do Boeing indicavam um problema nos flaps.

Com isso a tripulação informou a torre de controle que precisaria realizar órbitas para tentar solucionar o problema antes de pousar. O Boeing 737 fez órbitas por cerca de 1 hora porém os flaps continuaram retraídos e não foram configurados. Os pilotos seguiram os procedimentos listados mas sem sucesso.

Os pilotos decidiram pousar com uma velocidade maior que o normal a 176 nós e pousou com mais firmeza na pista 23L do Aeroporto de Krasnodar. Os pilotos conseguiram desacelerar a aeronave com segurança e livraram a pista logo em seguida. 

O Boeing 737 parou em uma das pistas de táxi e todos os passageiros desembarcaram com segurança. Os passageiros foram levados para o terminal em um dos ônibus fornecidos pelo Aeroporto. 

O VP-BZB foi retirado para manutenção e ainda não retornou as operações.

 

Fonte: The Aviation Herald