Boeing 787 Etihad
Foto: Etihad

Imagine embarcar em uma aeronave configurada para transportar 336 passageiros, como um Boeing 787-9 da Etihad Airways e se depara com apenas um passageiro embarcado?

Aconteceu em um voo da Etihad partindo de Abu Dhabi para Cingapura. O Sr. Alexander Svanevik que é dono de uma empresa, foi o único passageiro embarcado no voo operado pelo Boeing 787.

Diante a situação, os comissários fizeram todos os procedimentos de demonstração de segurança apenas para o Sr. Alexander, inclusive citando o nome do executivo.

“Eu voei sozinho na primeira classe muitas vezes, por exemplo voando Singapore Airlines de Cingapura para Paris, Thai Airways de Bangkok para Tóquio e ANA de Chicago para Tóquio. Mas eu nunca tive uma aeronave widebody inteira para mim – o mais próximo que cheguei disso foi em 1º de janeiro de 2000 (“Y2K”) em um vôo United Los Angeles – Washington Dulles, com um Boeing 777 quase vazio.” Disse Alexander.

 

 

Fonte: View From The Wing

DEIXE UMA RESPOSTA